James Hetfield, vocalista do Metallica, participou de um recente episódio do podcast “The Fierce Life” (AQUI), no qual confirmou que ele e seus colegas de banda têm, trabalhado arduamente num futuro álbum que sucederá Hardwired… to Self-Destruct, de 2016.

O músico disse que eles escreveram algumas músicas e ainda estão no processo de seleção de repertório: “Vamos ver primeiro quantas delas nós gostamos… Somos muito egoístas… gostamos do que escrevemos”.

Questionado se o Metallica planeja fazer alguma turnê ainda este ano, James respondeu: “Eu não tenho ideia. Não depende de mim. Depende mesmo da segurança de todos – não apenas dos fãs, mas da equipe e de nós”.

O músico destacou que o futuro em relação ao grupo cair na estrada ou não passa diretamente pela questão das vacinas. “Estou um pouco cético em tomar a vacina, mas parece que está rolando e as pessoas estão se vacinando, tenho muitos amigos que se vacinaram”, comentou.

James também disse ter dúvidas em relação a protocolos de segurança que incluam vacinação. Ele disse: “Espero que não chegue a um ponto em que você tenha que ter aquele selo covid em seu passaporte ou algo assim para ir a todos os lugares. Mas se chegar a isso, então eu tomarei uma decisão”.

O vocalista do Metallica revelou que não é adepto de vacinas: “Nós fomos vacinados para ir para a África, então não é como se eu nunca tivesse sido vacinado antes. Mas quando criança, nunca fui vacinado por causa da nossa religião. Então essa foi a única vez que eu fui vacinado, quando estávamos indo em um safári na África”.

James Hetfield vem de uma família que segue a Ciência Cristã, religião que basicamente acredita que a doença é uma ilusão e que a saúde física pode ser obtida através de orações.

 

Fonte: A Rádio Rock