Depois do vocalista Corey Taylor afirmar que o próximo álbum do Slipknot será “bem legal”, quem agora comentou sobre o novo trabalho foi o percussionista Shawn ​”Clown” Crahan, o famoso Palhaço da banda.

Em entrevista à rádio americana 93X, o músico revelou que o processo anda de vento em popa e por isso eles estão quase terminando a produção:

”Nós ainda temos muito tempo para completarmos ele. Esperamos que esteja pronto no final de Julho.”

Quando perguntado sobre como o disco vai soar, ele brincou:

”Eu acredito que este álbum seja…é música de Deus, cara. É o centro da besta para mim. Este é todo um outro elemento.”

Em seguida, Shawn, que recentemente entrou para a indústria da maconha, falou sério:

”Nós como banda temos tentado facilitar certas ideias no sentido de gravar e compor. Escrever nem sempre é dar aos fãs ‘Psychosocials’ e ‘Surfacings’ – às vezes nós escrevemos estas canções durante nosso sono; estão tão dentro da gente. É o que nós não sabemos e o que não sabemos como puxar que é o amor pela humanidade. Eu quero fazer a diferença.”

Slipknot e relação com a Roadrunner Records

No papo, Crahan também mencionou uma saída da gravadora atual, Roadrunner Records, com a qual o Slipknot mantém contrato desde o lançamento do disco de estreia autointitulado, em 1999.

”Eu não faço muita caridade porque eu acredito que o que faço em cima do palco já é minha caridade. É trazer todo mundo junto durante uma noite. Eu só acho que o que estamos fazendo agora é realmente… Tem muitas coisas acontecendo. Uma, nós estamos deixando nossa gravadora (depois do álbum). E eu me sinto livre. Não tem nada a ver com o que vem por aí. Tem a ver com, ‘saia da porra da minha frente’.”

Se tudo ocorrer como o planejado, o sucessor de We Are Not Your Kind (2019) será lançado quando o grupo começar a turnê do Knotfest Roadshow pelos Estados Unidos no final de Setembro junto com Killswitch EngageFever 333 e Code Orange.

Antes disso, o Slipknot será um dos headliners do festival Rocklahoma, realizado entre os dias 3 e 5 do mesmo mês em Pryor, Oklahoma. No total, a banda tem 25 shows marcados nos EUA até Novembro.

 

 

Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos