O baterista do The Offspring, Pete Parada, diz que foi demitido da banda por se recusar a tomar a vacina contra a Covid-19. Pete, que estava no The Offspring há quase uma década e meia, afirma estar seguindo o conselho de seu médico, que disse que ele não deveria se vacinar devido às suas condições pré-existentes.

Pete deu a notícia de sua saída em uma publicação nesta última segunda-feira (o2) nas redes sociais: “Tenho algumas notícias infelizes e difíceis para compartilhar. Sei que muitos dos meus amigos próximos e familiares teriam preferido ouvir isso em particular primeiro – e peço desculpas pela natureza pública da minha revelação, mas não sei como ter essa conversa várias vezes.”

“Dado meu histórico médico pessoal e o perfil de efeitos colaterais dessas vacinas, meu médico me aconselhou a não me vacinar neste momento. Eu peguei o vírus há mais de um ano, foi leve para mim – então estou confiante de que seria capaz de lidar com isso novamente, mas não tenho tanta certeza de sobreviver a outra rodada de pós-vacinação tendo Síndrome de Guillain-Barré, que remonta à minha infância e evoluiu para piorar progressivamente ao longo da minha vida. Infelizmente para mim (e minha família – que espera me manter por perto por mais um tempo) os riscos superam em muito os benefícios.”

“Como não posso cumprir com o que está se tornando cada vez mais um mandato da indústria – recentemente decidiram que não é seguro me ter por perto, no estúdio e em turnê. Mencionei isso porque você não me verá nestes próximos shows.”

Pete disse também que não está ressentido com a banda e que, assim com eles, acredita que está fazendo a coisa certa. E acrescentou: “Também quero compartilhar minha história para que qualquer pessoa que esteja passando pela agonia de ser deixada para trás agora – saiba que não está totalmente sozinha. Existem inúmeras pessoas (como eu) para quem essas vacinas apresentam um risco maior do que o vírus. A maioria de nós não compartilha publicamente uma decisão particular que tomamos em consideração cuidadosa com nossos médicos. Sabemos que não é uma conversa fácil de se ter”.

“Nesse ínterim, estou no meio do lançamento de um projeto e lançando algumas músicas com minha filha, então, por favor, fique ligado. Agradeço profundamente sua compreensão e apoio como minha família e encontro um novo caminho a seguir. Envio amor a todos que foram afetados por esta pandemia, de todas as maneiras como vidas foram perdidas e alteradas”, concluiu o baterista.

 

Fonte: RockBizz