Rihanna pode estar afastada da música há anos, mas a artista segue lucrando (e muito).

De acordo com a Forbes, a cantora de 33 anos nascida na ilha de Barbados, no Caribe, se tornou oficialmente bilionária e agora é a artista da música mais rica do planeta.

A revista americana de negócios e economia estima que ela possua atualmente uma fortuna calculada em US$1,7 bilhão (o que representa aproximadamente R$8,8 bilhões).

Ela só perde em patrimônio para a rainha da TV nos Estados Unidos Oprah Winfrey, que mantém seu posto como a personalidade do mundo do entretenimento com mais dinheiro em suas contas bancárias.

Lucro de Rihanna vem quase todo de suas empresas

O interessante é que a maior parte da fortuna de Rihanna não provém de seus faturamentos na música.

A dona de hits como “Umbrella” e “California King” não lança um novo álbum há cinco anos e tem priorizado o trabalho e investimento em suas empresas desde então.

Nascida com o nome Robyn Fenty, ela criou sua própria empresa de cosméticos em 2017, a Fenty Beauty.

Hoje um império, a marca com foco em maquiagem vale US$1,4 bilhão (cerca de R$7,2 bilhões) e a cantora detém 50% deste montante, dividido com o conglomerado francês de bens de luxo LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy).

O restante (US$270 milhões) é referente à marca de lingerie de Rihanna, Savage x Fenty, e também aos rendimentos de sua carreira como cantora e atriz.

Rihanna prepara novidades de suas marcas

Em 2020, a diva pop lançou a Fenty Skin e prepara a primeira fragrância da empresa, a Fenty Parfum, que chegará ainda em 2021.

Com estes números, ela se juntou aos outros bilionários da música Kanye West, que vale US$1,3 bilhão, segundo relatório deste ano da Forbes, e JAY-Z, que em 2019 se tornou o primeiro artista do Hip Hop a conquistar seu primeiro bilhão.

Fonte: TMDQA