Com o aniversário de 30 anos do álbum Nevermind, do Nirvana, Courtney Love falou pela primeira vez sobre o disco de maior sucesso do grupo. A vocalista do Hole e viúva de Kurt Cobain atribuiu a morte do marido ao sucesso do hit “Smells Like Teen Spirit.”

Em entrevista ao LA Times, Courtney Love disse que se “Smells Like Teen Spirit,” o primeiro single de Nevermind, não tivesse sido o “estouro” que foi, as coisas poderiam ter sido bem diferentes para Kurt Cobain, vítima de suicídio em 1994. Na época, ela sugeriu à K Records [gravadora independente de Washington] que “In Bloom” tivesse sido o 1º single do disco.

“A vida teria sido mais simples e melhor se eu tivesse sido ouvida. ‘In Bloom’ não tinha nenhum truque,” exclamou Courtney Love na entrevista. “Ainda que aquela virada de bateria de ‘Smells Like Teen Spirit’ seja fantástica, havia meio que um truque da K Records,” continuou ela.

Para a cantora, se “In Bloom” tivesse sido o primeiro single de Nevermind, ao invés de “Smells Like Teen Spirit”, o Nirvana não teria alcançado o enorme sucesso que tanto incomodava Kurt Cobain.

“Eu não sou muito fã da ideia de que as coisas ‘poderiam ter sido’ tão diferentes, mas ‘In Bloom’ poderia ter mudado as coisas”, pontuou Courtney Love. “Ele [Kurt Cobain] poderia ter sobrevivido caso alguém [tivesse tido mais sucesso primeiro]. Como o Eddie Vedder [do Pearl Jam], alguém que tinha uma boa infraestrutura,” finalizou.

Na entrevista, postada também no Instagram de Courtney Love, a viúva de Kurt Cobain revelou que suas músicas preferidas do Nevermind são “On A Plain” e “Something In The Way.” Confira:

 

 

Fonte: Rolling Stone