ABBA anunciou no início deste mês o seu primeiro álbum de inéditas em 40 anos. Voyage, que será lançado globalmente no dia 5 de novembro, mexeu fortemente com a base de fãs do quarteto sueco. Além de gerar uma enxurrada de comentários nas redes sociais, a notícia também rendeu revelações de grandes nomes da música que estão ligadas nesse retorno.

Quem “ofereceu seus trabalhos” ao ABBA foi ninguém menos que Dave Grohl. Numa entrevista para a BBC News, o líder do Foo Fighters disse que está aberto para tocar ao vivo com o grupo. “Quando vi que eles estavam voltando e tinham um disco, enviei o link para 100 pessoas que conhecia, depois ouvi a nova música e chorei como um bebê. Eu chorei como um bebê, cara!”, disse Grohl.

Questionado sobre o que as novas músicas representaram para ele, respondeu: “Parecia que o tempo não tinha passado. Além disso, foi uma retrospectiva muito bonita, romântica, melancólica e agridoce”. E acrescentou: “Mostre-me uma bateria e eu sentarei para tocá-la… Sim, eu tocaria com o ABBA”.

Voyage, o novo trabalho do ABBA, foi gravado no estúdio de Benny Andersson em Estocolmo, na Suécia. Duas amostras desse disco foram disponibilizadas para os serviços de streaming: “Don’t Shut Me Down” e “I Still Have Faith in You”. Confira abaixo:

 

Fonte: A Rádio Rock