Com os 30 anos do álbum Nevermind, do Nirvana, completados no mês passado, surgiu a notícia de que Spencer Elden, que aos quatro meses de idade serviu de modelo para a arte de capa desse disco, entrou com processo contra a banda para que as edições futuras não mostrem sua genitália (AQUI). Spencer alega que sua foto nu na capa foi clicada sem o consentimento de seus tutores legais na época. Ele apoia-se na tese de que a arte equivale à pornografia infantil e exploração sexual infantil.

A edição comemorativa de 30 anos de Nevermind está agendada para chegar ao mercado em 12 de novembro. Ainda não se sabe que ela terá ter sua icônica capa alterada.

Questionado sobre esse problema pelo The Sunday Times (via Loudwire.Com), Dave Grohl respondeu: “Tenho muitas ideias de como devemos alterar essa capa, mas veremos o que acontece. Nós vamos deixá-lo saber. Tenho certeza que vamos chegar a algo bom”.

Ele acrescentou: “Eu acho que há muito mais para olhar para a frente e muito mais para a vida do que ficar atolado nesse tipo de coisas. E, felizmente, eu não tenho que fazer toda a papelada”.

A edição de 30 anos de Nevermind é um dos lançamentos mais aguardados do ano e contará com mais quatro concertos ao vivo, bem como áudio recém-remasterizado.

 

 

Fonte: A Rádio Rock