Com mais de 60 anos de carreira, Paul McCartney decidiu parar de dar autógrafos a partir de agora.

Em entrevista ao Reader’s Digest (via Loudwire), o lendário músico explicou o motivo de não querer mais compartilhar sua assinatura com as pessoas. Ele disse:

”Sempre me pareceu um pouco estranho – ‘aqui, pode escrever seu nome no verso desta nota fiscal amassada, por favor?’ Por quê? Nós dois sabemos quem eu sou.”

Em seguida, Macca se mostrou insatisfeito com a ideia de tirar selfies com seus fãs e justificou a decisão de também parar com isso, indicando como gostaria de passar um tempo com as pessoas que admiram seu trabalho:

”O que você geralmente tem é uma foto pegajosa com um fundo ruim e eu parecendo um pouco infeliz. Vamos conversar, vamos trocar histórias.”

Paul McCartney, Ringo Starr e autógrafos

O lendário músico seguiu os passos de seu ex-colega de BeatlesRingo Starr, que em 2008 parou de dar autógrafos.

O icônico baterista explicou ao apresentador de rádio Howard Stern que tomou a decisão após descobrir que outras pessoas estavam lucrando com suas assinaturas. Ele disse:

”Eu estava assinando pedaços de guitarras em Nova York e alguém tinha colocado uma [assinatura] em uma guitarra de merda e estava vendendo por três mil no eBay. Eu eu disse, ‘Não’. Eu só assino para a caridade agora.”

Bom, aqueles que conseguiram uma assinatura de um dos integrantes dos Beatles anteriormente são realmente sortudos. Afinal de contas, parece que não vai ser nem um pouco fácil conseguir isso de Paul ou de Ringo agora!

 

 

Fonte: TMDQA!