Casa de George Harrison em Speke, subúrbio de Liverpool, Inglaterra, foi a leilão por cerca de R$ 1,2 milhão. O guitarrista passou a infância no imóvel, e os cômodos serviram de estúdio para os primeiros ensaios dos Beatles. Há três quartos e um terraço. Apesar de algumas reformas, o banheiro e anexos continuam idênticos ao período de Harrison. O leilão deve ocorreu em 30 de novembro desse ano.

O ex-beatle se mudou para a casa aos seis anos, em 1949, e morou nela por mais 12 anos. Enquanto estava em Speke, teve o primeiro contato com a música e com os futuros colegas de banda, Paul McCartney e John Lennon. Inclusive, conheceu o baixista no ônibus a caminho da escola.

Além da casa, autógrafos e fotos estavam à venda. Um item, em especial, chamou atenção: uma carta de Brian Epstein, empresário dos Beatles, rejeitando oferta da gravadora Decca Records em 1962. Um mês antes, a banda fez testes, porém, foram rejeitados e a empresa afirmou: “Não têm futuro no mercado da música.”

Epstein mencionou, ainda, uma suposta proposta de outra gravadora, mas, segundo o Guardian, a informação, provavelmente, era falsa – uma forma de demonstrar ressentimento com as duras palavras ditas ao grupo. Após alguns dias, os Beatles receberam convite para se juntarem à Parlophone. A carta deve ser leiloada por pelo menos R$ 15 mil, segundo a Omega Auctions, responsável pelas vendas.

 

Fonte: Rolling Stones