Os caras do The Cure anunciaram nesta segunda-feira (06) uma grande turnê europeia de 44 datas que tem previsão de início para 6 de outubro em Riga, na Letônia, e que será finalizada em 11 de dezembro de 2022 na SSE Arena de Wembley, na Inglaterra.

Como esses são os únicos shows agendados no site oficial da banda, os fãs começam a especular que concertos nas Américas poderão ser anunciados para o primeiro semestre. Outra especulação, esta publicada pelo NME, é que o Cure deverá promover um aguardadíssimo novo álbum nessas apresentações do ano que vem.

No seu comunicado à imprensa, a banda também confirmou que o baixista Simon Gallup, que deixou o grupo brevemente no início deste ano, estará na formação.

Em junho, o vocalista Robert Smith abordou detalhes do próximo álbum da banda em uma entrevista ao The Sunday Times. De acordo com ele, esse novo trabalho também poderá representar o último do grupo. “A nova coisa do Cure é muito emocional”, disse Smith, acrescentando: “São 10 anos de vida destilados em algumas horas de coisas intensas. E eu não posso pensar que nunca vamos fazer qualquer outra coisa. Eu definitivamente não posso fazer isso de novo”, analisou.

 

 

Fonte: A Rádio Rock