A tutela de Britney Spears pode ter sido encerrada depois de longos 13 anos de privações, mas a cantora ainda se vê às voltas com questões legais envolvendo o seu nome e o de seu pai, Jamie Spears.

Dessa vez, Britney encara um pedido para que ela continue pagando pelos honorários do patriarca da família, que antes tinha pleno controle sobre as decisões referentes à artista por causa da tutela, terminada em Setembro deste ano.

Os representantes jurídicos de Jamie fizeram uma petição que diz (via Billboard):

O pagamento imediato do que é devido dos honorários dos advogados de Jamie é necessário para garantir que a tutela possa ser encerrada de forma rápida e eficiente para permitir que Britney assuma o controle de sua vida como ela e Jamie desejam. Seria contrário à política pública se os anos de dedicação de Jamie para proteger sua filha pudessem sujeitá-lo à falência pessoal e à ruína.

É mole?

Advogado de Britney Spears se pronuncia

Segundo o advogado de Britney, Mathew Rosengart, a solicitação do pai de sua cliente não faz sentido:

A tutela foi encerrada e o senhor Spears foi desonrosamente suspenso [de exercê-la]. Nessas circunstâncias, sua petição não é apenas legalmente desprovida de mérito. É uma abominação.

Durante as tantas audiências às quais Britney foi submetida para tentar ter sua independência reconquistada, a artista precisou arcar não somente com os custos de seus próprios advogados mas também com os honorários dos representantes de Jamie no processo.

A tutela que colocava Jamie Spears no controle da vida, carreira e finanças de Britney foi definitivamente encerrada em 12 de Novembro após uma decisão da juíza Brenda Penny, mas pelo visto ainda faltam alguns passos para que a cantora possa viver em paz. Que tudo se resolva logo!

 

Fonte: TMDQA!